Notícias

Serra da Cantareira - Primeiro Treino Especial de Propriocepção.
22/01/2012

Por Luis Tavares

Olá queridos alunos,
Como eu havia prometido, hoje, domingo dia 22/jan, inauguramos o primeiro dos vários treinos especiais que faremos ao longo do ano para melhor preparação dos atletas. No email enviado a vocês eu havia mencionado que o percurso era indicado aos alunos que estão se preparando para as subidas de Poços de Caldas no final do mês e para os atletas mais experientes. Todavia, também aberto a todos que já quiserem ir se preparando para a base que virá no próximo mês.
Os bravos alunos que aceitaram o desafio de hoje se encontraram pontualmente às 6:30 horas como combinado na Estação Tiradentes do metrô. De lá, partimos em direção a Serra da Cantareira.
Por que escolhi a trilha da Serra da Cantareira? Porque é um percurso em trilha de nível adequado para começar os novos trabalhos e por causa de algumas facilidades encontradas, pois como vocês sabem a EC Tavares hoje tem um convênio de treinamento com a Sabesp e eles gentilmente, cederam o estacionamento do local para a nossa acomodação e segurança, coisa que não tínhamos no passado.
Sim, treinávamos há muitos anos atrás na Serra da Cantareira e tenho boas lembranças desse lugar, pois era onde eu levava meus antigos alunos para grandes preparações. O Leandro Leleco, filho do seu Expedito era um desses alunos e hoje tive o prazer de tê-lo conosco treinando e revivendo esses bons tempos.
Depois desses anos todos, a impressão que tive do lugar a princípio foi assustadora. Vimos muitas macumbas na entrada e animais mortos misturados à lama da chuva desses últimos dias, o que trouxe uma dificuldade a mais. Mas depois o percurso foi se revelando como no passado, com suas irregularidades, porém ideal para treinos de Propriocepção.
O que é Propriocepção? Em poucas palavras é a capacidade do aluno em reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação, a força exercida pelos músculos e a posição de cada parte do corpo em relação às demais, sem utilizar a visão. Isso permite a manutenção e o equilíbrio postural e a realização de diversas atividades práticas. Resulta da interação das fibras musculares que trabalham para manter o corpo na sua base de sustentação.
Por exemplo, nos treinos que iremos realizar na base com disco de equilíbrio e cama elástica, o aluno exerce força para se manter equilibrado e não cair. Isso faz com que as fibras menos trabalhadas para o ato, comecem a exercer atividade.
Treino meus alunos para que sejam completos. Não basta só fôlego, não basta só força, há que se cuidar do equilíbrio também. Quantas e quantas vezes vejo alunos se queixando que “virou o pé” numa corridinha boba? Pois bem, é importante o trabalho de equilíbrio e fortalecimento para que a corrida tenha um ganho produtivo e melhora.
Na corrida de hoje tivemos algo parecido, ou seja, a todo instante mantivemo-nos concentrados para manter o equilíbrio na trilha escorregadia e irregular, tomando todo o cuidado para não cair e sofrer algum entorse. Com isso exigimos de nossas fibras musculares o trabalho para esse reequilíbrio, ou seja, um tipo de consciência corporal, fundamental, do contrário, sem essa consciência e trabalho, cairíamos de cara no chão literalmente.
Os atletas mais preparados foram até o final da trilha num treino de cerca de 1h e 30min e o restante recomendei um treino de no máximo 1 hora. Creio que a impressão foi muito boa, pois todos voltaram sãos e salvos embora cansados e sujos de lama. Mas água para se lavar não faltou, essa é mais uma vantagem de se ter uma amiga como a Sabesp (risos).
Tenho a intenção de repetir um treino na Serra nas próximas semanas e recomendo que mais alunos participem, pois quero vê-los fortalecidos e voando ao longo do ano!

Um grande abraço


©2012 ECTAVARES - Tel: 11 3231-2080/3159-8456/7722-0811 - Design Ciclo Graphics