Notícias

Pampulha, viagem maravilhosa
07/12/2007

Por Prof. Luis Tavares

Sexta feira às 21:30 hs embarcamos rumo a Belo Horizonte, para a Volta da Pampulha, com dois ônibus lotado com mais de 90 atletas.
Chegamos no sábado ás 6:30 hs no hotel e distribuímos algumas chaves dos apartamentos, que já estavam disponíveis e fomos ao café da manhã.
Às 10 hs, levamos todo pessoal a Pampulha, para um pequeno trote de 30 minutos e alongamento administrado pela nossa professora Adriana. Enquanto o pessoal treinava, eu, Adesilde, Fábio e Alexandre, fomos retirar os kits da corrida, que estava sendo entregue no Iate Clube. Chegando ao local, nos assustamos com tanta gente retirando seus kits e naquele momento sabíamos que a nossa maratona estava começando. Primeiramente ficamos quase 40 minutos para ser atendidos, depois tivemos que procurar no sistema o nome de cada atleta inscrito e confirmar com seus respectivos comprovantes, e após a confirmação, tínhamos que comparecer em outro balcão para retirar o numero de peito e depois ir ao balcão do lado e pegar as camisetas Vale lembrar que foram 105 kits de atletas para retirar. Essa brincadeira tomou nosso tempo em mais de quatro horas.
Retornamos ao hotel por volta das 15 hs e foi tempo de tomarmos banho rápido e almoçar, pois as 17 hs iríamos entregar os kits.
Montamos todo esquema em nosso apartamento, colocando os kits , tudo em ordem alfabética para facilitar a retirada, enquanto eu ficava no computador, a Adriana, Fabio, Adesilde e Alexandre se revezavam no atendimento e entrega desses kits.
Finalmente as 20 hs, conseguimos concluir essa entrega e programarmos para jantarmos todos juntos, havíamos combinado com o pessoal da equipe Play team e que já se encontravam no saguão para sairmos, fomos em um restaurante perto do hotel que estavam servindo massas e que delicia de massa!!!
Retornamos ao hotel às 22 hs e enfim pudemos descansar.
Domingo às 5:30 hs, levantamos, preparei meu gps e estava bem animado e disposto para a prova, pois tudo indicava que seria um dia muito quente e me dou muito bem em altas temperatura, em virtude do meu tendão não incomodar.
Descemos para o café da manhã e todos lá estavam tomando seu café e super animados e dispostos.
Ás 7 hs, começamos a lotar nossos dois ônibus e partimos rumo a Pampulha, e tudo indicava que seria um dia muito quente.
Chegamos às 7:45 hs e logo fomos para a arena da prova e ficamos concentrados próximos a tenda da Caixa, pelo fato de alguns atletas nossos serem marcadores de ritmo.
Às 9 hs , a nossa profa Adriana realizou um alongamento e em seguida foram para o pelotão de largada.
Eu e a Adesilde, fomos para a área do pelotão C , e lá encontramos com a Sirlene e Lucélia que estavam se preparando para a largada e desejamos uma boa sorte.
Encontramos e cumprimentamos o Dr Henrique Viana que é o treinador do Caldeira que tem um carinho muito especial por mim e o ilustre Minardi , treinador do Cruzeiro e adora aparecer na tv rsrs.
Às 10 hs, foi dada a largada, e como largamos na frente ( pelotão C), tivemos que tomar muito cuidado para não sermos pisoteados pela boiada que vinha atrás rsrs, um certo instante a Adesilde quase perdeu um de seus braços, com uma trombada de um atleta em alta velocidade.
Procurei manter meu ritmo tranqüilamente, e no km 1 passei um pouco forte a 5:36 e nos quilometro seguintes estabilizou em torno de 5:50 a 5:58 por km que era o que esperava e me sentia bem, porém o primeiro posto d água fomos encontrar no km 4 apenas, e não sei porque, mas após ingerir alguns goles naquele momento, começou me atacar uma forte gastrite, isso fez com que não conseguisse mais ingerir nenhum tipo de substancia e a cada km , minha dor aumentava e conseqüentemente meu ritmo foi piorando e mesmo assim tentei segurar a 6:15 com muita dificuldade.
Minha freqüência cardíaca estava normal e meu tendão estava bem, era somente essa bendita gastrite para atrapalhar, e mesmo com essa dificuldade, fechei a prova em 1:51:59 , sendo 11 minutos mais rápido do que no ano passado.
Assim que terminamos a prova, fomos para a tenda da Yescom, que fica bem ao lado da chegada, e tomei um copo de suco de laranja, pois começou me dar crise de hipoglecemia por não consegui tomar nada, durante o percurso e depois tomei um copo de Coca Cola na tentativa de melhorar um pouco o desconforto da minha gastrite, pois como Coca Cola serve para desentupir pia, amaciar carne e por que não melhorar a gastrite.
Depois de um breve descanso, fomo para o ônibus e retornamos ao hotel a tempo de nos despedir do nosso primeiro ônibus que estaria saindo as 14 hs para SP.
Tomamos banho rapidamente e descemos para coordenar o ônibus de volta para SP.
Chegamos em São Paulo as 23 hs e todos voltaram felizes por mais uma prova concluída.
Gostaria muito de agradecer a todos que viajaram conosco e em especial ao Alexandre Aoki que tanto nos ajudou, desde a retirada do kit até a hora de voltarmos para SP.


©2012 ECTAVARES - Tel: 11 3231-2080/3159-8456/7722-0811 - Design Ciclo Graphics